A ovelha perdida

No Evangelho de São Mateus (8, 12-14), encontramos a famosa parábola da Ovelha Perdida. Esta passagem que Jesus Cristo nos deixou, nos fazer refletir sobre o nosso caminhar neste mundo. Somos a ovelha perdida, ou as 99 ovelhas que já estão salvas?

A ovelha perdida somos todos nós, filhos e filhas de Deus. Ele, em sua bondade e misericórdia infinita não quer que nenhum de nós se perca em seu plano salvífico. Para isso, enviou seu Filho Amado para que, como um Bom Pastor, resgate cada ovelha que se encontra perdida, fora dos caminhos da salvação.

Muitas vezes, embora estejamos caminhando juntos em busca da eternidade, da Terra Prometida, estamos sujeitos a cair, a se perder novamente, porém, não devemos desanimar. Se for da nossa vontade, o Bom Pastor estará sempre pronto para nos resgatar e nos auxiliar a se juntar ao time das 99 ovelhas, pois Deus, muito embora não precise, tem sede do nosso amor.

Deus é Amor. Deus é Misericórdia. Deus a tudo perdoa. Mas, como bons Católicos não podemos esquecer que para que isto aconteça, precisamos reconhecer que somos pecadores, buscar uma confissão sincera, orar e vigiar constantemente para que não voltemos a cair no pecado, a nos afastar do amor de Deus e não nos tornamos novamente aquela ovelha perdida, mas sim, sermos auxiliares do Bom Pastor e resgatar outras ovelhas perdidas, para juntos, um dia, na Graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, participarmos da Glória Eterna.

Deus abençoe!

Comentários